8 fatores que explicam a sensibilidade dentária

Descubra quais são as principais causas da sensibilidade dentária e como tratá-las.

Alimentos gelados, quentes e doces são os mais evitados entre quem tem os dentes sensíveis demais (Foto: Gustavo Arrais/SAÚDE é Vital)

 

É de deixar qualquer um de boca aberta, mas a escovação está por trás de um problema que vira e mexe tira o sorriso de muita gente por aí: a hipersensilidade dentinária, conhecida popularmente como sensibilidade dentária. É que o jeito e a hora que costumamos higienizar os dentes e a gengiva podem gerar danos que resultam em careta (e um arrepio daqueles!) ao saborear uma sopa bem quente ou até mesmo um picolé. Abaixo, listamos esse e outros hábitos e condições que merecem mais atenção nesse sentido:

1) Pressa para limpar

Os ácidos presentes na boca após uma refeição reagem com a pasta, corroendo o esmalte. Portanto, aguarde até 30 minutos depois de comer para a higienização bucal.

2) Perigo à mesa

Alguns itens são grandes fontes de ácidos, como refris e frutas cítricas. Se precisar escovar os dentes logo em seguida à ingestão, faça bochecho com água para aplacar a acidez.

3) Além da boca

Em caso de refluxo, os ácidos do estômago voltam para a boca. E, apesar de rígido, o esmalte é sensível a essas substâncias. É essencial tratar a doença.

4) A escova certa

O atrito e a fricção excessiva são capazes de remover a blindagem natural dos dentes. Logo, o correto é investir em uma escova macia. Não tenha receio: ela limpa de verdade.

5) Maneire na força

Usar a escova com muito vigor ou mais vezes que o necessário pode arruinar a proteção dentária. Para limpar bem, basta massagear os dentes com movimentos circulares.

6) A pasta faz diferença

O uso de um creme dental muito abrasivo – daqueles que prometem clarear os dentes – desgasta as defesas da boca. Moderação nesse tipo de pasta, tá?

7) Mordida travada

Apertar os dentes de cima contra os de baixo, por estresse ou esforço físico, é um grande fator de risco. Isso só deve ocorrer na hora de mastigar e engolir os alimentos.

8) Doenças bucais

O bruxismo e a gengivite abrem caminho para a sensibilidade. Então, é indispensável buscar tratamento – até porque, por si só, esses problemas merecem atenção.

 

Fonte:https://saude.abril.com.br/medicina/8-fatores-que-explicam-sua-sensibilidade-dentaria/

Comentar
TV Orthodents
TV Orthodents
Avaliação OnLine
Avaliação OnLine
Profissionais
Profissionais
Agendamento OnLine
Agendamento OnLine
Unidades
Unidades
Artigos
Artigos
Avalia Eu
Avalia Eu
Sysdents
Sysdents
Quem Somos
Quem Somos
Odontomarketing
Odontomarketing
Mapa de Unidades
Mapa de Unidades
Vídeos
Vídeos
Suporte Orthodents
Suporte Orthodents
Onde Estamos
Onde Estamos
Facebook
Facebook
Twitter
Twitter
Áreas de Atuação
Áreas de Atuação
Fale Conosco
Fale Conosco
Instagram
Instagram
Prontuário OnLine
Prontuário OnLine
Simulador de Cores
Simulador de Cores
Orthodents
Orthodents
© Rede OrthoDents – Clínicas Odontológicas
R.T Dr. Gilmar Barros Fernandes Junior - CRO/PA 5388
EPAO: 785
  • Social
  • Social
  • Social
Central de Atendimento